Obrigada pela visita

Obrigada pela visita

segunda-feira, 26 de maio de 2014

DIA INTERNACIONAL DAS CRIANÇAS DESAPARECIDAS



Hoje vamos lembrar-nos de um dia que faz muita gente chorar, neste mesmo instante em que estão lendo esta postagem em algum lugar alguém está chorando pelo motivo do tema deste post... Uma criança desapareceu. Sim hoje não comemoramos e sim lembramos que é o DIA INTERNACIONAL DAS CRIANÇAS DESAPARECIDAS, seja hoje, ontem, amanhã, infelizmente sempre irá crianças desaparecer.
MAS COMO ESTE DIA FOI CRIADO? PORQUE?
Como já demostrei em postagens anteriores neste mesmo dia a celebração da data teve origem no fato de no dia 25 de Maio de 1979 ter desaparecido Ethan Patz, uma criança de 6 anos de Nova Iorque. Nos anos seguintes, pais, familiares e amigos reuniram-se para assinalar o dia do seu desaparecimento e, em 1986, no dia 25 de Maio, o ex-presidente dos Estados Unidos da América, Ronald Reagan, decidiu dedicar o dia a todas as crianças desaparecidas. Ele é indiscutivelmente o mais famoso filho ausente da cidade de Nova Iorque, sendo a primeira criança a ser fotografado na parte de trás da embalagem de leite. Como sempre precisa uma tragédia acontecer para dias ficarem marcados e irem fazer parte de um calendário.
A LUTA NO BRASIL
No Brasil o símbolo maior da luta pelas crianças desaparecidas é Arlete Caramês, mãe de Guilherme, desaparecido desde 17 de junho de 1991, quando tinha 8 anos de idade em Curitiba. Guilherme estava brincando de bicicleta em frente a sua casa, por volta das 11h00 da manhã, quando a sua avó o chamou para tomar banho, foi a última vez que foi visto. Desapareceu junto com sua bicicleta. O caso de Guilherme foi o mais investigado pela polícia do Estado, com buscas na França e no Paraguai, sem sucesso. Sua Mãe Arlete Caramês luta até hoje em prol das crianças desaparecidas, pregando sempre que: "Ter um filho desaparecido é ter a vida suspensa!"
E reprisando o que escrevi em anos anteriores: "Em todo o mundo, pessoas desaparecem misteriosamente, no trajeto entre a residência, trabalho ou escola, dentro de Shopping Centers, e até mesmo em frente de suas próprias casas. Crianças são raptadas para serem vendidas a famílias estrangeiras, sem falar em crimes muito mais graves. Esperamos meus Ilheiros que deixando esta data amplamente conhecida, provoque-se assim, uma reflexão de toda a sociedade para este tema".
Parte do Texto: http://ilha-da-lindalva.blogspot.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário